quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

É a vida

Conheço muitos lugares especiais, semana que vem vou a Barcelona e ainda esse ano a Tokyo. Estudei. Sou fisicamente saudável. Tenho vários vestidos giros. Tenho um cachorro fofo e brabo no Brasil. Uma mãe deliciosa e incrível. Um irmão que está se tornando um homem lindo de 1,90m. Tenho uma casa confortável ao lado da casa de Fernando Pessoa. Tenho uma estante cheia de livros que eu li de verdade. Vivo um grande amor. Tenho amigos queridos e que morro de saudade. Tenho uma vida social normal. Me divirto. Não preciso pedir permissão. Vou pra onde eu quero, quando eu quero, com quem eu quero. Sou quem minha mãe dizia que eu podia ser se eu quisesse. Sou quem eu escolhi ser. Gosto de quem eu sou.

Mas todo mundo sempre pergunta "e o marido?"

É lindo, gostoso, cheiroso, bem sucedido, faz tudo que peço e me come fortemente.

E não, eu não vou pedir desculpas por ser feliz! E não, não é feio mostrar a felicidade! Como dizia Séneca...evitamos a inveja se guardarmos as alegrias para nós próprios... mas quer saber? Meu coool paras as falidas!

Aquela máxima é sempre óptima... CADA UM TEM O QUE MERECE!


Beijos no ombro.

Um comentário: