quinta-feira, 21 de abril de 2011

Uma visão fetichista de Paris

Olá, a mostra “Rose, c’est Paris” – em cartaz até o dia 11 de julho de 2010 na Bibliothèque nationale de France – reúne fotos da artista Bettina Rheims e vídeos de Serge Bramly, produzidos durante as sessões fotográficas na capital francesa.
O nome da exposição é uma homenagem ao artista e inventor francês Marcel Duchamp, que em torno de 1920, criou a personagem “Madame Rrose Sélavy” para representar seu alterego feminino.


“Rose, c’est Paris” acontece em um grande cenário misterioso preto e branco, com lugares inusitados, surrealistas e encantadores, cheios de fetiches, fantasias sensuais e muito erotismo. Talvez esse seja o motivo pelo qual a exposição não é recomendada para crianças.
Para os interessados, a mostra também rendeu um belo livro, de 332 páginas, com DVD publicado pela Taschen. A versão limitada “Art Edition” tem apenas 100 exemplares assinados e custa € 1.500. Já a “Collector’s Edition” tem 1.500 exemplares e sai por € 750.  


Rose, c’est Paris
Bibliothèque nationale de FranceAté 11 de julho
5, rue Vivienne
75002 Paris

Bisous da Alex:)

Nenhum comentário: